Páginas

Esmaltólatra: o 1º ano de vício

Olá queridas/os,

Tava organizando umas fotos de esmaltes para publicar aqui no blog e acabei resolvendo contar para vocês como começou meu vício por esmaltes. Então senta que lá vem história.

Quando eu era guria, tipo uns 12 anos, eu adorava esmalte preto. Mas esmalte preto. Eu mesma pintava minhas unhas: fazia a maior borradeira na hora e depois tirava os borrados no banho. Claro que não ficava perfeito, mas funcionava. Depois passei uma fase com unhas muito longas, mas não sei porque não esmaltava; então rolava aquela vibe Zé do Caixão, mas eu curtia. E, finalmente, do final da minha adolescência até o ano passado (e olha que não são poucos anos nesse intervalo) eu basicamente cortava e lixava, pintando só em ocasiões muito especiais ou nem isso. Até que...

Eu comecei a ir em salões com mais frequência, porque estava matendo o cabelo curto. Nessa mesma época descobri o boom dos blogs de moda, maquiagem e esmaltes, e as marcas começaram a lançar cores diferentes e ousadas. Mas eu continuava sem gostar de ir na manicure, porque sempre ficava muito tensa com isso de tirar cutícula (sentir dor não é comigo). Depois de passar pelas mãos de uma açougueira, decidi que não tiraria mais e iria só pintar, pois além de indolor, custava mais barato.

Passei uns meses nesse esquema até que a minha cunhada (oi, Dani!) se ofereceu um dia para pintar as minhas unhas. Foi quando que aprendi que a técnica de tirar o excesso com o palitinho não era coisa do outro mundo, e que um topcoat deixa qualquer esmalte mais bonito. Não se passou muito tempo até eu receber a coleção Mattefluors da Impala, começar a fazer minhas próprias unhas e o negócio começar a "desandar".

Na última imagem estou usando o Pink (Realce) com Reflexos Dourados (Colorama).
Hoje minha coleção tem pouco mais de cem vidrinhos e é claro que eu ainda não usei nem metade. Na blogosfera descobri que não é preciso tirar a cutícula, mas hidratar, e minha vida mudou! (hahahaha) Lógico que minhas unhas não são tão perfeitas e ou têm o excelente acabamento que vemos nos grandes blogs, mesmo porque minha coordenação ainda não é essas coisas, mas confesso que não deixa a desejar se comparado às manicures que eu costumava ir aqui. 

Eleger uma cor favorita é muito difícil. As cores que mais me supreenderam foi o Rosa Mosqueta (Colorama), Pink (Impala), Atrevida (Colorama) e Sol (Hits), mas eu também adoro metálicos como o Luxo (Ana Hickmann) e o Urano (Big Universo). Me seguro para não entrar na onda dos importados por conta do preço, mas meus sonhos de consumo são os holográficos da Nfu-Oh ou pelo menos os da China Glaze, mas (ainda?) não entra na minha cabeça dar mais de fíntche reais num vidrinho de 8ml.

Falando em gastar, atualmente eu pesquiso muito as cores no Flickr antes de comprar; é um excelente banco de dados de cores. Evito, por exemplo, esmalte que mancha e precisa de mais de 2 camadas para ficar bom, porque não sou lá muito paciente. Também tento não comprar cores muito parecidas pois, no frigir dos ovos, só esmaltólatra mesmo para identificar que "tem um pouquinho mais de magenta" no Gelatina (Hits) do que no Violeta (Colorama).

Enfim, para falar a verdade, eu curto esse vício. É um passatempo divertido e não custa caro. Para mim, esmalte atende pelo nome e já tem um espaço no meu coração!

Para ver algumas das minhas fotos com esmaltes, visite minha página no Twitpic. E em breve farei para vocês o meu Top 15!

E você, também é esmaltólatra? Qual a sua história?

8 comentários:

  1. Eu também tô começando a ter essa coisinha com esmaltes de novo. Quando era mais nova, tinha mais tempo e menos dor de cabeça, o que me ajudava a ter mais paciência para fazer as unhas. Agora, com uma vida de gente grande, a paciência me falta bastante. Mas estou voltaaaaando a dar um pouquinho a mais de atenção às unhas, e estou aprendendo muita coisa legal.


    http://ladodeforadacaixa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. – UNHAS POSTIÇAS E ESMALTADAS -

    HIDRATAÇÃO E REPARAÇÃO DE CUTÍCULAS E NUTRIÇÃO DE UNHAS


    O Serum Réparateur (SORO REPARADOR) ultra sofisticado da LINHA ECRINAL DA FRANÇA ,especializada e LÍDER DE MERCADO DE TRATAMENTO DAS UNHAS FRAGILIZADAS E DEFICIENTES.

    ESTE PRODUTO LUXUOSO é focado na Cutícula desidratada e irritada e na nutrição da unha a partir da matriz da mesma.

    ELE É TAMBÉM PRESCRITO POR DERMATOLOGISTAS.

    Ele é um complexo de 10 óleos preciosos revitalizantes, hidratantes, calmantes, nutritivas e reparadoras (98,7% DE ATIVOS) .para ser aplicado de 1 ate 2 vezes ao dia no contorno da unha, com leve massagem , sem necessidade de tirar o esmalte. Extremamente pratico no uso diário e

    INDISPENSÁVEL NO CASO DE UNHAS POSTIÇAS.

    O ÚNICO COM ESTUDOS DE EFICACIA MENSURAVEL:

    Resultados

    Efeito imediato:
    88% com unha mais nutrida
    90% com unha mais hidratada
    97% com hipersensibilidade das cutículas amenizada

    Uso continuo:
    73% com unhas mais resistentes após 7 dias
    87% com o contorno das unhas mais nítido

    NÃO CONTEM ACETONA, FORMALDEIDO, TOLUENO NEM PARABENO .

    O resultado e glamouroso como a origem do produto, produzido em MÔNACO, NA RIVIEIRA FRANCESA .

    consulte os sites ( são sites técnicos e não de venda ) para poder analisar o seu caso adequadamente:

    ecrinal.com ( frances e Ingles )
    asepta.com ( da França )
    asepta.com.br ( no Brasil )

    No site asepta.com.br na pagina "parceiros" ha inúmeras opções onde comprar.
    a Época Cosméticos no Rio, Drogaria Iguatemi em São Paulo e outros têm esses produtos à venda inclusive pela internet. (dermexpress, pharmaweb,dermatan, saisdaterra,... )

    ResponderExcluir
  3. adorei seu blog! sou nova na area.. seguindo :***

    ResponderExcluir
  4. Cunhada... eu nao sabia que eu tinha uma pontinha de participaçao nessa sua historia de vicio com esmaltes. fico muito feliz com isso. tambem sou mais uma viciada em esmaltes e sofro para tentar passar na sua frente em numeros de vidrinhos, heheh...beijos

    ResponderExcluir
  5. Deny [a outra Diva]7 de dez de 2010 11:14:00

    Eu vício começou em cadeia com o teu...mas você tomou a dianteira!! ahuahuahuahua

    ResponderExcluir
  6. Oi flor amei o blog!
    Muito lindo e bem feito!
    Estou seguindo super!
    me segue tbbb
    http://1001cosmeticos.blogspot.com
    @1001cosmeticos
    bjim

    ResponderExcluir
  7. Você sabia que o toluol presente nos esmaltes é o mesmo das colas de contato (cola de sapateiro)?

    Por isso, ao comprar esmaltes de unhas ou colas de contato, o melhor é optar por produtos de última geração, livres de toluol, substância que pode causar danos ao sistema nervoso central.

    Nos esmaltes, o toluol aparece em concentrações baixas e por isso o efeito máximo é alérgico. No entanto, na cola de contato (cola de sapateiro), que cola diversos tipos de materiais como sapato, madeira e metal, ele pode representar um perigo muito maior.

    O jornal Oeste Notícias (SP) publicou matéria sobre o assunto. Veja o que fala o texto:

    Link internet: http://migre.me/2dnyd
    Link Flickr: http://migre.me/2dnLp

    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Chris... Também sou... vamos dizer "viciada" em esmaltes. Tudo começou a mais ou menos um ano. Ao contrário de muitas meninas que pintam as unhas na adolescencia eu não estava nem ai... Mas hoje tenho mais de 170 esmaltes (e eles não se repetem... kkkkkk) e adoro as novidades e as cores bem diferentes. Não posso passar por loja ou fármacia (um lugar ótimo pra comprar esmalte) que já faço a festa... Até a próxima... Edilma (TVT)

    ResponderExcluir

Obrigada por participar do Diva Genérica. Não esqueça de deixar o link do seu blog para que possamos retribuir a sua visita!